BLOG
as últimas novidades sobre o Grupo STK

  • Quarta, 23 de Janeiro de 2013

  • IBTeC empossa conselhos Deliberativo e Fiscal e os novos gestores



  •  

    Conselheiros e dirigentes assumem mandato por dois anos (2013-2014)
     

    Nesta terça-feira, dia 22 de janeiro, o Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçado e Artefatos (IBTeC) empossou os conselheiros e novos gestores que estarão à frente da instituição pelos próximos dois anos. A solenidade ocorreu no Hotel Locanda, em Novo Hamburgo/RS, marcando um novo modelo de gestão para o instituto. Com a mudança, a instituição deixa de ter um presidente voluntário e passa a ser gerida por um presidente executivo e um vice-presidente executivo, responsáveis pela administração de todas as unidades de negócios.
     

    Neste modelo, a estrutura básica do IBTeC passa a ser constituída da seguinte forma:
     

    Assembleia Geral - composta pelos associados;
     

    Conselho Deliberativo - órgão com poderes para decidir sobre as matérias relativas aos objetivos e fins da instituição;
     

    Conselho Fiscal - organismo fiscalizador do instituto.

     

    O ex-presidente Rui Guerreiro considerou que os três mandatos consecutivos que exerceu como dirigente da instituição foi uma experiência muito gratificante, onde a equipe de colaboradores e a diretoria foram fundamentais para os resultados obtidos. “Tenho a convicção de que conseguimos criar as condições técnicas que possibilitam ao IBTeC oferecer as respostas exigidas pelo mercado conforme as necessidades da indústria brasileira, especialmente do segmento do calçado”, enfatizou. Também lembrou o apoio das entidades coirmãs, em especial à Abicalçados, além dos políticos e dos órgãos governamentais de fomento à pesquisa e desenvolvimento setorial, que deram segurança para que fossem tomadas as decisões mais importantes. Agradecendo aos novos conselheiros que aceitaram o convite, considerou que “o IBTeC voltou para a mão de quem deveria estar desde o princípio, que são os empresários”. Concluiu o seu pronunciamento desejando sucesso aos novos administradores. “Eles estão muito bem amparados por toda a experiência do Conselho Deliberativo que agora está assumindo”, considerou.
     

    Logo em seguida foi feita a posse dos conselheiros (Deliberativo e Fiscal) e da diretoria executiva para a gestão 2013-2014, oficializada pela assinatura do livro de posse. O presidente do Conselho Deliberativo, Claudio Chies, agradeceu ao ex-presidente Rui Guerreiro pela indicação, e aos associados por terem referendado a candidatura dos atuais conselheiros. Destacou que “o instituto está de portas abertas e à disposição de todas as empresas da cadeia do couro e calçado, pois esta é a nossa função maior”, assinalou.
     

    O presidente executivo Paulo Ricardo Griebeler agradeceu pela confiança depositada pelos conselheiros e assumiu o compromisso de, junto com o vice-presidente executivo, Dr. Valdir Soldi, trabalhar intensamente na defesa dos interesses do IBTeC e de todo o setor. Avaliou que omomento é de união, e que o instituto caminha, cada vez mais determinado, para se consolidar como o braço tecnológico do setor.“A atual administração será proativa na busca de parceiros estratégicos como governo, universidades e principalmente junto aos empresários, com o intuito de atender as demandas do setor, além de avançar no desenvolvimento de ações de responsabilidade social e ambiental”, pontuou.
     

    Lembrou ainda que o IBTeC deseja se aproximar ainda mais das entidades setoriais, num esforço conjunto, buscando fortalecer todos os elos da cadeia produtiva, além de estreitar as relações com os organismos de fomento, que são fundamentais para este fortalecimento. “Assim, cumpriremos com a principal finalidade do IBTeC que é ser referência internacional em pesquisa, inovação e tecnologia”. Ressaltou a alta qualificação dos Recursos Humanos do instituto (65% dos profissionais têm formação em doutorado, mestrado e MBA).
     

    Agradeceu ao ex-presidente Rui Guerreiro que, juntamente com os ex-diretores, prestou uma importante contribuição ao processo de reestruturação do IBTeC. Lembrou que o apoio da família é o alicerce para as ações do dia a dia e fez um agradecimento especial à imprensa, que é uma peça fundamental para a divulgação dos pleitos e das boas práticas do setor, e desta forma presta um grande serviço ao cluster coureiro calçadista.
     

    O deputado estadual João Fischer qualificou o IBTeC como um instituto que representa dinamismo, seriedade e competência, e considerou que “o desafio de melhorar a qualidade e a competitividade das empresas calçadistas é grande, mas o entusiasmo e o profissionalismo dos dirigentes e da equipe vão ser o diferencial para que novas conquistas sejam realizadas”. Reconheceu que para o setor industrial se desenvolver e impulsionar o crescimento do País é preciso diminuir a burocracia nos governos, e sugeriu que a sociedade deveria se mobilizar para cobrar mais agilidade e produtividade da esfera governamental.
     

    O deputado federal Ronaldo Zulke lembrou que não basta ter um bom produto, mas é necessário também saber estabelecer uma boa articulação política para que o setor calçadista possa ocupar os espaços e se desenvolver cada vez mais. Lembrou que o segmento é muito importante para o País - não apenas pelos números, mas pelo que representa no desenvolvimento, distribuição de renda e geração de emprego -, e que uma das principais características do segmento é a sua capacidade de organização. Ele ponderou que poucos segmentos no mundo conseguem ter esta capacidade de organização, e o IBTeC expressa muito bem esta capacidade, buscando sistematicamente apoio para o desenvolvimento de novas alternativas aos desafios. “Não dá para se pensar no desenvolvimento dissociado de novas tecnologias e na qualificação do produto, e eu sou testemunha do quanto a ação do IBTeC tem contribuído para que o setor tenha cada  vez mais qualidade e se coloque à altura dos desafios”.
     

    O Prefeito municipal de Novo Hamburgo em exercício, Antônio Lucas, lembrou o quanto a tecnologia e a inovação são importantes para o setor coureiro-calçadista brasileiro e para a cidade e a região, que é um dos polos calçadistas mais importantes do País. “Com o suporte do IBTeC no desenvolvimento de novas tecnologias, principalmente voltadas a calçados com diferenciais de conforto, qualidade e sustentabilidade ambiental, vamos voltar a crescer, fazendo jus ao título de Capital Nacional do Calçado”, finalizou.

     



     

    Os empossados
     

    Conselho Deliberativo
     

    Presidente: Claudio Chies - Grendene S/A
    Membros:
    Ernani Reuter - Representações e Participações Excelsior Ltda.
    Jakson Fernando Wirth - Calçados Ramarim Ltda.
    João Altair dos Santos - Conforto Artefatos de Couro Ltda.
    Jorge Azeredo - Calbrás Equipamentos de Proteção Ltda.
    Marcelo Fleck - Plínio Fleck S/A Indústria e Comércio.
    Rosnei Alfredo da Silva - Calçados Bibi Ltda.

     

    Conselho Fiscal
     

    Membros:
    Eleno da Silva - Natur Indústria de Couros Ltda.
    Maria Gertrudes Hartmann - Brespel Companhia Industrial Brasil/Espanha
    Renato Kunst - Artecola Indústrias Químicas Ltda.
    Ricardo Wirth - Indústrias de Calçados Wirth Ltda.

     

    Presidência Executiva:
     

    Presidente executivo: Paulo Griebeler
    Vice-presidente executivo: Dr. Valdir Soldi 


     

  • Postado por: Alex

  • Tags: Feiras, IBTeC,


  • BUSCA
  • ARQUIVO